Penalva em Rede

Rede Social

O que é a Rede Social?

A Resolução do Conselho de Ministros 197/97 de 18 de Novembro define a Rede Social como um fórum de articulação e congregação de esforços baseado na adesão livre por parte das autarquias e das entidades públicas ou privadas sem fins lucrativos que nela queiram participar. Estas entidades deverão concertar os seus esforços com vista à erradicação ou atenuação da pobreza e da exclusão e à promoção do desenvolvimento social.

 

Objetivos

Numa lógica de combate da pobreza e exclusão social e de promoção do desenvolvimento social, o programa assume os seguintes objetivos estratégicos:

Desenvolver uma parceria efetiva e dinâmica que articule a intervenção social dos diferentes agentes locais;
Promover um planeamento integrado e sistemático, potenciando sinergias, competências e recursos a nível local;
Garantir uma maior eficácia do conjunto de respostas sociais nos concelhos e freguesias.


E como objetivos específicos:

Induzir o diagnóstico e o planeamento participados;
Promover a coordenação das intervenções ao nível concelhio e de freguesia;
Procurar soluções para os problemas das famílias e pessoas em situação de pobreza e exclusão social;
Formar e qualificar agentes envolvidos nos processos de desenvolvimento local, no âmbito da Rede Social;
Promover uma cobertura adequada do concelho por serviços e equipamentos;
Potenciar e divulgar o conhecimento sobre as realidades concelhias.

 

Princípios

Com o intuito de garantir a funcionalidade do dispositivo criado e dar coerência às atuações desenvolvidas no âmbito do programa, a Rede Social assenta nos seguintes princípios:

Princípio de Subsidiariedade: É no local que os problemas têm que ser resolvidos. Só depois de explorados os recursos e competências locais se apela a outros níveis de resolução dos problemas.
Princípio de Integração: Participação de todos os intervenientes locais e congregação de todos os recursos para a resolução dos problemas sociais.
Princípio de Articulação: Articular a ação dos diferentes agentes com atividade num território, através do desenvolvimento do trabalho em parceria, da cooperação e da partilha de responsabilidades.
Princípio de Participação: O combate à pobreza e à exclusão social é tanto mais efetivo quanto resulte de um processo amplamente participado.
Princípio de Inovação: É necessário que as novas políticas, medidas e programas sejam portadores de inovação para se adequarem às novas problemáticas e mudanças sociais.
Princípio da Igualdade de Género: No quadro da rede social, o planeamento e a intervenção integram a dimensão de género, quer nas medidas e ações quer na avaliação do impacto.

 

Destinatários

São destinatários da Rede Social todos os residentes no Concelho de Penalva do Castelo, especialmente aqueles que se encontram em situação de pobreza e exclusão social.

 

Impactos

A Rede Social deverá produzir impactos significativos susceptíveis de contribuir para a melhoria dos processos de combate à pobreza e à exclusão social, nomeadamente:

Aumento da capacidade de deteção e resolução de problemas individuais, gerando respostas específicas para necessidades específicas;
Transformação da cultura e práticas dos serviços e instituições locais, no sentido de uma maior transparência e da abertura às outras entidades e às populações;
Implantação de sistemas de informação locais eficazes, capazes de viabilizar a produção e atualização de diagnósticos locais, bem como a difusão de informação a todos os agentes interessados;
Incrementar significativamente a mobilização e participação dos destinatários dos programas e projetos de intervenção social.

 

Penalva do Castelo em Rede

Como funcionamos?

As redes de apoio social integrado, constantes da filosofia do Programa Rede Social, materializam-se através da criação de Conselhos Locais de Ação Social (CLAS), que constituem plataformas de planeamento e coordenação da intervenção social tendo em vista um objetivo comum: erradicação da pobreza e exclusão social e promoção do desenvolvimento social.

Composição do CLAS de Penalva do Castelo:

Câmara Municipal de Penalva do Castelo
A.D.D. - Associação de Desenvolvimento do Dão
Administração Regional de Saúde do Centro - Divisão de Intervenção nos comportamentos Aditivos e Dependências - Centro de Resposta Integrada de Viseu
Agrupamento 149 - Corpo Nacional de Escutas
Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo
Associação Cultural Castro de Pena Alba
Associação Cultural, Desportiva, Social e Recreativa de Germil - “Os Melros”
Associação Desportiva Cultural e Recreativa dos Trabalhadores da Câmara Municipal de Penalva do Castelo
Associação dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Penalva do Castelo
Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo
Centro de Emprego e Formação Profissional de Viseu
Parceria com Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da Penalva do Castelo
Parceria com Intervenção Precoce na Infância de Penalva do Castelo
Parceria com Núcleo Local de Inserção de Penalva do Castelo
Centro de Promoção Social de S. Martinho de Pindo
Centro Distrital da Segurança Social de Viseu
Centro Social e Cultural Aníbal Pina Gouveia
Centro Social Paroquial de Sezures
Centro Social Paroquial de Antas
Centro Social Paroquial de Castelo de Penalva
Centro Social Paroquial de Vila Cova do Covelo
Fábrica da Igreja Paroquial de Antas
Fábrica da Igreja Paroquial de Castelo de Penalva
Fábrica da Igreja Paroquial de Sezures
Fábrica da Igreja Paroquial de Vila Cova do Covelo
Freguesia de Castelo de Penalva
Freguesia de Esmolfe
Freguesia de Germil
Freguesia de Ínsua
Freguesia de Lusinde
Freguesia de Pindo
Freguesia de Real
Freguesia de Trancoselos
União das Freguesia de Antas e Matela
União das Freguesia de Vila Cova do Covelo e Mareco
Grupo Desportivo e Cultural de Roriz
Irmandade da Santa Casa da Misericórdia de Penalva do Castelo
Unidade de Saúde Familiar de Penalva do Castelo - Unidade de Cuidados à Comunidade Pena D'Alva

Composição do Núcleo Executivo:

Câmara Municipal de Penalva do Castelo
Agrupamento de Escolas de Penalva do Castelo
Associação Cultural, Social, Recreativa e Desportiva de Germil - “Os Melros”
Centro de Emprego e Formação Profissional de Viseu
Junta de Freguesia de Ínsua
Serviço Local da Segurança Social de Penalva do Castelo
Unidade de Saúde Familiar de Penalva do Castelo - Unidade de Cuidados à Comunidade Pena D'Alva

 

O Núcleo Executivo tem como função executar as decisões emanadas do CLAS

Contactos:
Câmara Municipal de Penalva do Castelo - Programa Rede Social
Técnica da Rede Social - Joana Pina (Socióloga)

Avenida Castendo
3550 - 185 Penalva do Castelo

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Telefone: 232640020 Fax: 232640022

Siga-nos

Acompanhe-nos nas redes sociais:

    

Contactos

  Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
  232 640 020
  232 640 021/22
  Avenida Castendo, 3550-185 Penalva do Castelo
N 40º 40´33´´ W 07º 42´07´´